Quando, aos 15 anos, Stephen Hobley assistiu a um concerto de
Jean-Michel Jarre - onde este actuava com um revolucionário instrumento a laser -, decidiu, de imediato, que iria construir algo semelhante no futuro.

É assim que surge o Laser Harp, essencialmente uma superfície "virtual", em que cada feixe representa uma nota, quebrar um feixe origina a reprodução dessa nota e soltá-lo silencia-a. Poderá modelar o som, simplesmente movendo a sua mão ao longo do feixe:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.