Nascido em Novara, em 10 de agosto de 1927, Vittorio Gregotti morreu hoje em Milão, aos 92 anos, vítima de pneumonia causada pelo novo coronavírus.

Em comunicado, a Fundação lembra que, entre novembro de 2018 e janeiro de 2019, a propósito da celebração dos 25 anos do CCB, a Garagem Sul – Exposições de Arquitetura do CCB acolheu a exposição retrospetiva da obra de Vittorio Gregotti, intitulada “O Território da Arquitetura. Gregotti e Associados 1953-2017”.

A mostra apresentou uma narrativa explicativa das atividades abrangentes deste arquiteto e do seu gabinete, ao longo de mais de seis décadas de projetos em Itália e no resto do mundo.

Vittorio Gregotti
créditos: AFP

O arquiteto, urbanista e teórico da arquitetura estava internado na clínica San Giuseppe, em Milão, onde também se encontra internada a sua mulher, Marina Mazza.

Entre os projetos mais importantes realizados pelo Gregotti Associati International, o estúdio que fundou em 1974, contam-se o plano de desenvolvimento do distrito de Bicocca, em Milão (1985-2005), o Centro Cultural de Belém, em Lisboa (1988-1993) e o teatro lírico de Aix-en-Provence (2003-2007).

Em 1975, foi curador da Bienal de Veneza, a primeira em que a arquitetura apareceu oficialmente "como uma extensão do setor de artes visuais".

O seu trabalho mais recente foi a renovação da antiga fábrica para o teatro do Teatro de Fundição de Leopolda, em Follonica (Grosseto).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.