O suspeito de alterar o famoso letreiro de Hollywood para criar a palavra "Hollyweed", uma referência à legalização da marijuana, entregou-se na segunda-feira às autoridades.

Zachary Cole Fernandez, um artista local de 30 anos, suspeito do delito de invasão de propriedade, foi a uma esquadra da polícia acompanhado do seu advogado e acabou sendo libertado pouco depois.

Uma audiência em tribunal foi marcada para 15 de fevereiro, quando se decidirá se Fernandez será acusado ou não, informou a polícia de Los Angeles (LAPD).

Na madrugada de 1 de janeiro, imagens de uma câmara de segurança mostraram um homem vestido de preto escalando as letras de uma das maiores atrações turísticas de Los Angeles para transformar o "wood" em "weed", formando a palavra "Hollyweed".

O termo inglês "weed" significa erva em português, cujo uso foi legalizado na Califórnia no referendo de novembro de 2015.

As autoridades trataram o facto como invasão de propriedade e não como vandalismo porque o letreiro não foi danificado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.