Os U2 adiaram a edição do disco "Songs of Experience" devido à eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos, revelou o guitarrista da banda, The Edge. Segundo o músico, o disco estava "praticamente acabado, mas depois o mundo mudou de repente".

O guitarrista avança ainda que a maioria das canções foram escritas no início de 2016.

The Edge revelou ainda que os U2 estão a estudar a melhor forma para lançar o novo disco. "O meu plano e do Bono é entrarmos em casa das pessoas e deixar-lhes um disco debaixo da almofada, mas o resto da banda não concorda com a ideia", gracejou.

Esta segunda-feira, 9 de janeiro, os U2 anunciaram uma digressão pela Europa, pelos Estados Unidos e pelo Canadá.  Os espetáculos arrancam em maio, em Vancouver, e Portugal não faz parte da rota do grupo irlandês.

Nos Estados Unidos a banda irlandesa atuará em Seattle, São Francisco, Los Angeles, Houston, Dallas, Chicago e Pittsburgh, Tampa, Miami, Filadélfia, Washington, Rutherford, Cleveland e Boston. No Canadá, está também anunciada a cidade de Toronto, em junho, além de Vancouver.

Na Europa, os U2 atuarão também em Berlim, Roma, Dublin, Paris, Amesterdão e Bruxelas, além de Londres e Barcelona.

Nos concertos nos Estados Unidos e Canadá, a banda de Bono vai estar na companhia dos Mumford & Sons, The Lumineers e OneRepublic. Já na Europa, os High Flying Birds, de Noel Gallagher, vão abrir os concertos da banda.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.