O ator britânico morreu esta segunda-feira, 23 de janeiro, no lar que passou a ser a sua casa há alguns anos, disse o seu agente à BBC. Para já, ainda não foram divulgadas as causas da morte.

Na série "Alô, Alô", Gorden Kaye interpretava René Artois, dono do café local que tentava manter-se imparcial, apesar de ser sempre apanhado no meio na guerra entre os alemães e a Resistência. No meio da confusão, a personagem mantinha casos amorosos com as empregadas do café, longe do conhecimento da esposa.

O estabelecimento de René era local de paragem habitual de alemães para quem tinha de ser simpático, tal como também gosta de ser com as suas duas empregadas, Yvette e Mimi, quando a sua mulher não está por perto. Em Portugal, a série era transmitida pela RTP1, sendo emitida com regularidade na RTP Memória.

Na história, o protagonista esconde ainda dois oficiais britânicos na adega do café, e se os alemães descobrem poderão fuzilá-lo. Tal como também poderá ser fuzilado pela Resistência, por esconder o retrato da Madonna Perdida das Maminhas Grandes, de Van Klomp, a mando dos alemães.

Produzida entre 1982 a 1992, "Alô, Alô" contava ainda com Carmen Silvera, Vicki Michelle, Francesca Conshaw, Sue Hodge, Kirsten Cooke, Richard Marner, Sam Kelly, Guy Siner, Hilary Minster e Kim Hartman no elenco.

O ator participou nos 84 episódios da série, assim como em 1200 atuações da peça em palco. Em 2007 voltou a ser René no pequeno ecrã num episódio de regresso da série que reuniu de novo o elenco.

A série britânica de culto dos anos 1980 saltou, em 2015, da televisão para o palco do Teatro da Trindade, em Lisboa, numa versão portuguesa com encenação de Paulo Sousa Costa e João Didelet.

Gorden Kaye estreou-se em televisão em 1968, na série "Champion House". Antes de protagonizar a série da BBC, o britânico integrou o elenco de mais de uma dezena de produções, destacando-se em "Come Back Mrs. Noah", "Born and Bred" ou "Mansfield Park".

Em 2004, Kaye participou ainda na série "Revolver", da BBC. Anteriormente, o ator fez uma pequena participação em "Screen One", um ano depois do final de "Alô, Alô".

Nas redes sociais, várias personalidades têm recordado o ator. "Por muito que custe, os nossos ídolos de infância e juventude estão de partida", escreveu Nuno Markl na sua página no Facebook.

Vicki Michelle, atriz que também fez parte do elenco da série "Alô, Alô", também recordou o ator nas redes sociais. "Um talentoso e brilhante ator", escreveu, acrescentando que "nunca mais existirá outro René".

Gorden Kaye era um ator de comédia fantástico cujo papel mais célebre, René Artois, conquistou o seu lugar no passeio da fama da comédia. Ele foi fundamental para que 'Alô, Alô' fosse uma série com tanta longevidade e tão querida. O seu trabalho permanece e os nossos pensamentos estão com os seus amigos e familiares nesta hora triste", disse Shane Allen, responsável de comédia da BBC.

Na sua conta no Twitter, o ator Greg Mchugh elogiou o trabalho do ator.

Recorde na galeria as principais personagens da série:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.