Na emissão de sábado, dia 21 de março, do "Jornal da Noite", da SIC, foi para o ar uma reportagem com imagens de um motim no Reino Unido, que decorreu em 2011. A peça foi apresentada como sendo um reflexo do que estaria a passar-se em Londres nos últimos dias devido ao encerramento de estabelecimentos como forma de travar a propagação do COVID-19.

Já este domingo, depois de Ricardo Costa ter lamentado o erro nas redes sociais, Rodrigo Guedes de Carvalho pediu desculpa aos espectadores da SIC.  Ontem, o 'Jornal da Noite' errou. Não deveria ter acontecido, mas a SIC errou. Numa peça sobre o Reino Unido foi relatada uma situação com imagens que não se verificou nestes dias. Eram imagens de tumultos nas ruas, com intervenção policial que são de 2011, e que não têm nenhuma relação com a crise do vírus", começou por frisar.

"Trabalhamos com a preocupação constante de verificar e validar as fontes de informação. Ontem essa rede apertada falhou. Não foi uma acção deliberada ou qualquer manipulação. Foi um erro, lamentável, para o qual só fomos alertados depois do 'Jornal da Noite'. As imagens não voltaram a passar mas já fizeram o seu caminho nas redes sociais", acrescentou o jornalista.

"Ontem, sem o imaginar, dei entrada a uma informação errada. Cabe-me hoje dar a cara no pedido de desculpas. Não me escondo. Nunca o fiz e não é agora que vou começar, e também nisto represento a minha redação", sublinhou.

Mais informações sobre o COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.