Al Pacino celebrou 75 anos com uma carreira de 47 filmes onde se destacam títulos como «Pânico em Needle Park», a trilogia «O Padrinho», «Serpico», «O Espantalho», «O Padrinho - Parte II», «Um Dia de Cão», «...E Justiça para Todos», «Scarface», «Dick Tracy», «Sucesso a Qualquer Custo», «Perfume de Mulher», «Perseguido pelo Passado», «Heat», «A Sombra da Corrupção»,, «Donnie Brasco», «O Advogado do Diabo», «Um Domingo Qualquer», «O Informador», «Insónia» e a mini-série «Anjos na América».

No entanto, Al Pacino tem igualmente um notável currículo de... projetos que recusou. Numa conferência, chegou mesmo a dizer, embaraçado, «não sou um bom juiz do que é bom».

O SAPO Cinema conferiu fontes e confrontou informações contraditórias para reunir a notável carreira «paralela» de um dos mais celebrados atores do cinema americano.