O Batalha – Centro de Cinema, no Porto, vai fazer uma retrospetiva de David Cronenberg, a começar no dia 8 de setembro e a prolongar-se até 15 de dezembro, incluindo todas as longas-metragens da sua autoria, curtas-metragens e até filmes que marcaram o realizador canadiano.

“Cronenberg construiu um percurso entre o terror e a ficção científica para dar corpo às inquietações sobre as idiossincrasias e contradições humanas da sociedade moderna. Ao longo de cinco décadas, trabalhou muitas vezes fora do circuito comercial e dos pressupostos de Hollywood. A sua filmografia, edificada entre uma lente mais visceral ou metafórica, coroou-o mestre do ‘body horror’”, indicou o Batalha, em comunicado.

O ciclo abre no dia 8, com a primeira longa-metragem de Cronenberg, “Stereo”, de 1969, numa sessão que inclui a ‘curta’ “Introduction to The Memory Personality”, de Jeremy Shaw.

Nos 50 anos do clássico “Don’t Look Now”, de Nicolas Roeg, o Batalha vai fazer exibições do filme mais assustador já feito, segundo Cronenberg, nos dias 24 de setembro e 25 de outubro. No Dia das Bruxas, em 31 de outubro, é apresentado “Raw”, de Julia Ducournau, “admiradora confessa de Cronenberg”.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.