A Associação de Críticos de Los Angeles votou "O Caso Spotlight" como o melhor filme de 2015.

Criada em 1975, a organização premeia anualmente os membros da indústria que se distinguiram em cada campo e são dos prémios mais prestigiados da crítica norte-americana, bem como um elemento muito utilizado quando se tenta fazer a antecipação das nomeações aos Óscares.

A decisão confirma a posição do filme como um dos grandes favoritos na temporada de prémios, uma vez que no mesmo fim de semana foi o eleito também pela Associação dos Críticos Online de Nova Iorque e pelos críticos de Boston.

Realizado por Tom McCarthy, "O Caso Spotlight" relata precisamente a investigação do jornal Boston Globe sobre os casos de pedofilia no seio da Igreja Católica e as tentativas da hierarquia para os tentar encobrir. Michael Keaton, Mark Ruffalo e Rachel McAdams interpretam alguns dos jornalistas envolvidos no caso.

"Mad Max: Estrada da Fúria", considerado o filme do ano pelo National Board of Review, ficou agora em segundo lugar para a posição de Melhor Filme, confirmando também que está entre os preferidos, pelo menos entre os críticos.

O título liderado por Charlize Theron e Tom Hardy foi mesmo distinguido pela realização de George Miller e fotografia e desenho de produção.

A organização optou por escolhas menos óbvias nos prémios para os atores, distinguido trabalhos aclamados mas não considerados favoritos: Michael Fassbender foi distinguido como Melhor Ator ("Steve Jobs")  e Charlotte Rampling melhor atriz (“45 Years”), enquanto os secundários foram Alicia Vikander (por "Ex Machina" e não "A Rapariga Dinamarquesa") e Michael Shannon (“99 Homes”).

Eis a lista completa de vencedores:

Melhor Filme: "O Caso Spotlight" (segundo lugar: "Mad Max: Estrada da Fúria")

Melhor Realizador: George Miller por "Mad Max: Estrada da Fúria" (segundo lugar: Todd Haynes por "Carol")

Melhor Ator: Michael Fassbender por "Steve Jobs" (segundo lugar: Géza Röhrig por "Filho de Saul")

Melhor Atriz: Charlotte Rampling por "45 Years" (segundo lugar: Saoirse Ronan por "Brooklyn")

Melhor Ator Secundário: Michael Shannon por "99 Homes" (segundo lugar:  Mark Rylance por "A Ponte dos Espiões")

Melhor Atriz Secundária: Alicia Vikander por "Ex Machina" (segundo lugar: Kristen Stewart por "As Nuvens de Sils Maria")

Melhor Argumento:  “O Caso Spotlight” (segundo lugar:  “Anomalisa”)

Melhor Filme de Língua Estrangeira: "Filho de Saul" (segundo lugar: The Tribe)

Melhor Documentário/Filme de Não Ficção: "Amy" (segundo lugar: “The Look of Silence”)

Melhor Filme de Animação: “Anomalisa” (segundo lugar: "Inside Out "Divertida-Mente")

Melhor Fotografia: "Mad Max: Estrada da Fúria" (segundo lugar: "Carol")

Melhor Montagem: “A Queda de Wall Street (segundo lugar: Mad Max: Estrada da Fúria")

Melhor Direção Artística: "Mad Max: Estrada da Fúria" (segundo lugar: "Carol")

Melhor Banda Sonora:  “Anomalisa” e “Carol” (segundo lugar: "Os Oito Odiados")

Nova Geração: realizador Ryan Coogler

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.