O produtor português Paulo Branco vai ser homenageado em junho pela Cinemateca Francesa, em Paris, com a exibição de 36 filmes, revelou a Leopardo Filmes.

Este ciclo estava previsto para fevereiro deste ano, mas foi adiado por causa da COVID-19, já que a Cinemateca Francesa só reabre portas a 19 de maio.

Segundo a produtora, a partir de 23 de junho serão exibidos 33 filmes produzidos por Paulo Branco, de "Francisca" (1980), de Manoel de Oliveira, a "A Herdade" (2019), de Tiago Guedes.

Paulo Branco "acompanhará as projeções, apresentando os filmes e conversando com diversos convidados", refere a produtora.

"Devemos a este produtor inspirado e audacioso, que iniciou a sua atividade no cinema em Paris, como programador e exibidor, a emergência de uma parte maior da modernidade cinematográfica na Europa a seguir ao final da década de 1970", escreveu a Cinemateca Portuguesa quando anunciou este ciclo em setembro passado.

Serão ainda exibidos filmes como "A Cidade Branca" (1982), de Alain Tanner, "O Estado das Coisas" (1982), de Wim Wenders, "Casa de Lava" (1994), de Pedro Costa, "Branca de Neve" (2000), de João César Monteiro, e "Cosmopolis" (2012), de David Cronenberg.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.