O espanto advém do facto do actor australiano não ter um passado como humorista ou apresentador de programas televisivos, traço comum à maioria dos anfitriões dos Óscares, tendo-se imortalizado no cinema na personagem de Wolverine e estando agora a estrear em todo o mundo «Austrália», realizado por Baz Luhrmann, em que contracena com Nicole Kidman.

Mas na verdade, Jackman tem uma carreira muito mais longa, sendo uma estrela teatral muito reputada, com grande carreira no teatro musical, e, segundo todas as fontes, o trabalho que fez como anfitrião da cerimónia dos prémios Tony em 2005 deixou toda a gente aos seus pés.

Laurence Mark, produtor do espectáculo, já sublinhou que «escolhemos Hugh Jackman porque queremos que a cerimónia seja divertida», o que indica que a vertente de humor deverá continuar a ser uma das grandes apostas do evento.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.