R2-D2 é mesmo um dos elementos mais valiosos de "Star Wars".

Além de transportar os planos da Estrela da Morte e revelar-se um aliado de Luke Skywalker ao longo da saga, um R2-D2 de 110 centímetros feito de partes usadas na rodagem da trilogia original de "Star Wars" entre 1977 e 1983 foi vendido por 2,76 milhões de dólares [2,41 milhões de euros], informou a leiloeira Profiles in History.

A estimativa antes do leilão na quarta-feira era que podia chegar aos dois milhões de dólares.

Não se sabe quem foi o fã que não olhou a despesas para adquirir aquele que era o adereço mais dispendioso que estava à venda da saga.

O androide rendeu por exemplo mais do que o sabre de luz usado por Luke Skywalker em "A Guerra das Estrelas" (1977) e "O Império Contra-Ataca" (1980), que rendeu 450 mil dólares [393,8 mil euros] e o capacete de Darth Vader no primeiro filme, que chegou aos 96 mil dólares [84 mil euros].

Ainda no mundo da ficção científica no cinema, um capacete usado por Bill Paxton em "Aliens - O Recontro Final" (1986) foi leiloado por 51 mil dólares [44,6 mil euros].

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.