A estreia nos cinemas do muito aguardado novo filme de Christoher Nolan "Tenet" voltou a ser adiada por causa da COVID-19.

O filme, que a 12 de junho tinha sido adiado de 17 de julho para 31 de julho, passou agora para 12 de agosto nos EUA e em Portugal (uma quarta-feira).

O relançamento comemorativo do 10º aniversário de "A Origem" ("Inception") também passou de 17 para 31 de julho.

Estas decisões também afetaram o mercado internacional: em Portugal, mantém-se um ciclo de filmes de Christopher Nolan que arranca com "Dunkirk" a 2 de julho, seguido de "Interstellar" (2014) a 9, mas "A Origem" passou de 16 para 30.

Na base do novo adiamento está o agravamento da pandemia nos EUA, com os números recorde das novos casos a nível nacional na quarta-feira, bem como a recente decisão do Estado de Nova Iorque, um mercado importante, de não colocar os cinemas na fase 4 da reabertura.

Também o condado de Los Angeles ainda não autorizou a reabertura.

Praticamente todos fechados desde meio de março, a notícia é um rude golpe para os cinemas, que montaram a sua estratégia de reabertura para o início de julho para estarem prontos para as estreias de "Tenet" e "Mulan" (que se mantém para 24 de julho nos EUA, mas que a imprensa especializada assegura que a Disney vai mudar).

"Mulan" nos cinemas em julho? Data de estreia do filme pode estar em causa
"Mulan" nos cinemas em julho? Data de estreia do filme pode estar em causa
Ver artigo

"A Warner Bros está empenhada em levar 'Tenet' ao público nos cinemas, no grande ecrã, quando os exibidores estiverem prontos e as autoridades de saúde pública disserem que está na hora", indicou um porta-voz do estúdio na quinta-feira à noite (25).

"Neste momento, o que precisamos é ser flexíveis e não estamos a tratar isto como um lançamento tradicional. Estamos a optar por estrear o filme a meio da semana para permitir que o público descubra o filme ao seu ritmo, e estamos a planear estar em exibição mais tempo, durante um longo período muito para além do normal, para desenvolver uma estratégia de lançamento muito diferente e bem-sucedida", acrescentou.

O adiamento de "Tenet" provavelmente irá também deverá alterar as datas de filmes que estavam anunciados como contra-programação, como "Em Fúria", com Russell Crowe, atualmente a 10 de julho, além de "Bill & Ted Face the Music", com Keanu Reeves, que está a 14 de agosto.

O filme de Christopher Nolan é descrito como uma "viagem de inversão no tempo, ao penumbroso mundo da espionagem internacional, numa luta pela sobrevivência do planeta, com o objetivo de tentar evitar a Terceira Guerra Mundial e salvar a humanidade".

O protagonista é John David Washington ("BlacKkKlansman").

Rodado em sete países diferentes, no elenco estão ainda Robert Pattinson, Elizabeth Debicki, Dimple Kapadia, Aaron Taylor-Johnson, Clémence Poésy, Michael Caine e Kenneth Branagh.

VEJA O TRAILER.

(*) Notícia atualizada às 13h15 com confirmação das datas para Portugal.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.