Em Goa, o mestre da guitarra portuguesa irá tocar, como já vem sendo habitual desde Outubro último, acompanhado por Tiago Oliveira (ex-Pólo Norte) na guitarra clássica. Não obstante, far-se-á acompanhar ainda pelos músicos Chhote Rahimat Khan e Mayuresh, e pela fadista indiana Sónia Shirsat - músicos com os quais o guitarrista pondera vir, num futuro próximo, a gravar o álbum sucessor de "António Chaínho e Marta Dias ao Vivo no CCB" (2003).

"É difícil um ponto de encontro entre as duas sonoridades, pois a música indiana tem várias escalas, mas há que partir de espírito aberto e sem preconceitos, com a vontade de conhecer o outro", declarou Chaínho, a propósito da possível parceria, à Agência Lusa.

Já em Bangalore, na Bangalore School of Music, o mais internacional guitarrista português subirá ao palco sozinho.

Para osdois recitais, Chaínho irálevará temas da sua autoria, incluídos nos seus álbuns, "A guitarra e outras mulheres" (2003) e "The London Philharmonic Orchestra" (1995), e, ainda, alguns inéditos.

Recorde-se que, no ano passado, aquando da comemoração do seu cinquentenário, a publicação inglesa "Songlines" incluiu o guitarrista português entre os 50 melhores músicos do mundo.

Sara Novaisc/LUSA

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.