A vocalista da banda nova-iorquina partilhou, na sua conta de Twitter, uma imagem da proposta que lhes foi feita pela organização do evento, que pretendia que Debby Harry e companhia atuassem, a 13 de fevereiro, para cerca de 25 mil pessoas, durante 45 minutos. A proposta aparece rabiscada com as palavras “Passamos. Direitos Humanos” escritas em letras garrafais.

Os Blondie não são – note-se – o primeiro projeto musical a mostrar-se contra a escolha da Rússia como país anfitrião da edição 2014 dos Jogos Olímpicos de Inverno, com cantoras como Cher, Madonna ou Lady Gaga a terem mostrado, também, o seu desacordo, alegando, entre outras coisas, as controversas leis anti-homossexualidade russas.

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno 2014 decorreu na passada sexta-feira, dia 7, com as atuações das tATu e do Coro de Polícias Russo, que interpretou uma versão da Get Lucky, dos Daft Punk.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.