Depois de ter lançado em maio um concurso privado para escolher o melhor projeto de arquitetura para o futuro edifício, o Conservatório de Música de Sintra elegeu este fim de semana a proposta do ateliê ARX Portugal, dos arquitetos José e Nuno Mateus, entre os seis projetos apresentados, por "reunir as melhores condições".

"Era a que melhor cumpria aos requisitos anunciados, com destaque para a qualidade da solução arquitetónica e adequalidade da proposta ao programa, a qualidade das opções construtivas ou a integração com o espaço urbano existente", disse hoje à agência Lusa a presidente da direção do Conservatório, Raquel Coelho.

De acordo com a responsável, a partir de agora segue-se uma parceria com o ateliê vencedor para adjudicação do contrato para que, posteriormente, a empreitada seja lançada em concurso.

"O nome deste projeto é ‘Missão 2017’ precisamente porque é nesse ano que prevemos que esteja concluído o novo edifício", afirmou.

O investimento, se o edifício for construído de uma vez só, será de cinco milhões de euros, mas há a possibilidade de ser construído por fases e até essa data, se estiver concluída só a primeira fase, o custo será de 3,5 milhões.

O financiamento, segundo Raquel Coelho, será feito através de recursos do Conservatório e de angariação de fundos.

"Vamos realizar concertos, criar uma campanha de donativos através de uma linha telefónica de valor acrescentado, recolha de ajuda em géneros, mecenato, patrocínios, ‘crowdfunding' e candidaturas a fundos estrangeiros", apontou.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.