A empresa Project Panther Bidco, que pertence ao cantor norte-americano, fez uma oferta de 464 milhões de coroas suecas ao grupo sueco Aspiro, que tem o Wimp como principal ativo.

A operação está assegurada, já que o principal acionista da Aspiro, o grupo de comunicação norueguês Schibsted, que possui uma participação indireta de 57%, anunciou que venderá as suas ações.

"A Schibsted considera que a companhia (Wimp) tem um importante potencial de crescimento, mas a Aspiro precisa de uma grande quantidade de capital para a sua expansão, além de um proprietário sólido e motivado a desenvolver-se e competir no mercado global de streaming musical", afirmou o diretor financeiro do grupo norueguês, Trond Berger.

"A Panther possui os recursos financeiros adequados e um grau de competência elevado na indústria musical. Acredito que será um proprietário mais apto para levar a Aspiro e seu serviço de música em streaming a outro nivel", completou.

No fim do terceiro trimestre de 2014, a Wimp tinha 512 mil utilizadores que pagam pelo serviço, muito longe dos mais de 15 milhões do Spotify.

Artista e investidor ao mesmo tempo, Jay Z, marido de Beyoncé, comprou no ano passado a empresa de champanhe Armand de Brignac.

@AFP

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.