Orlando Santos tem colaborado com diversos artistas, caso dos Orelha Negra ou dos Buraka Som Sistema, mas a ideia de trabalhar a solo nunca o abandonou e foi com “My Soul“ que decidiu estrear-se.

“Não posso dizer que seja só reggae ou seja só soul, é uma mistura de reggae, soul e rock, é assim uma salada tropical”, diz sobre este primeiro trabalho.

Agora o músico terá oportunidade de mostrar “My Soul” no Sumol Summer Fest. “Basta nós estarmos no palco e há logo ali um feitiço grande”, começa por dizer em tom de brincadeira, explicando que os fãs podem contar com algumas surpresas neste concerto.

As expectativas para o evento são grandes e Orlando Santos garante que “é uma maravilha tocar para pessoas de vários pontos do pais e, quem sabe, do estrangeiro, e estar num palco tão grande e tão célebre”.

No percurso do músico há um episódio incontornável: um encontro com Ben Harper, que não só lhe ofereceu uma das suas guitarras havaianas, como lhe deu um conselho que segue até hoje e que justifica o seu caminho: “mantém a música viva”. “É isso que tenho tentado fazer”, sublinha.

O Sumol Summer Fest decorre na Ericeira entre 27 e 30 de junho. Orlando Santos atua no dia 29. Saiba mais sobre o festival no site oficial.

@Inês Alves

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.