Scarlett Johansson desmentiu formalmente que tenha entrado num casting para ser a namorada de Tom Cruise.

Num comunicado ao The Hollywood Reporter, raro por envolver a sua vida pessoa, a atriz garantiu até que "a própria ideia de qualquer pessoa fazer castings para estar numa relação é tão humilhante".

"Recuso que qualquer um espalhe a ideia de que não tenho integridade para escolher os meus próprios relacionamentos. Apenas um homem, conhecido como Brendan Tighe, poderia imaginar uma história maluca como essa", acrescentou.

A reação surgiu após a presença deste antigo membro da Cientologia no programa Megyn Kelly Today, onde partilhou histórias sobre celebridades dentro da Cientologia, religião para uns, seita para outros, conhecida pela seu secretismo.

Uma delas é que teria visto o nome de Scarlett Johansson numa lista de mulheres que fizeram testes para serem namoradas de Tom Cruise, cuja equipa de segurança da Cientologia integrou após o divórcio com Nicole Kidman, entre 2002 e 2009.

A Igreja da Cientologia também desmentiu Brendan Tighe, dizendo que ele sobrevalorizou o papel nessa equipa e acabou por ser dispensado por não cumprir as suas funções.

Em 2012, um artigo da Vanity Fair tinha referido que houve um casting para se encontrar uma parceira apropriada para Tom Cruise e foi escolhida a atriz iraniana Nazanin Boniadi ("Homeland"), que manteve uma relação com o ator durante três meses.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.