Beatriz e Bártolo são os protagonistas da peça encenada por Leonor Alcácer e João Brás, que também interpretam, inspirada numa das histórias ancestrais do "Decameron", de Bocaccio.

Beatriz é uma jovem e bela mulher enquanto Bártolo é um homem mais velho, direcionado para os negócios e para as viagens, sem grande vocação para o amor.

A grande diferença de “ardores” que pautava a vida conjugal do casal, como descreve a apresentação da peça, ultrapassava-a Bártolo com negócios e viagens, deixando Beatriz entregue aos cuidados de Generosa, a governanta, e de Cândido, um jovem criado no qual depositava toda a confiança.

Certo dia, Bártolo é avisado de que deve partir de imediato para fechar um negócio altamente lucrativo, acabando por sair precipitadamente e deixando, como de costume, Beatriz entregue a Generosa e a Cândido.

“Beatriz, a Infeliz” é uma comédia de caráter popular inspirada em “A Bela Beatrice”, a sétima novela da sétima jornada de “Decameron” e que, pelas suas características, também pode ser apresentada como espetáculo de rua.

A peça, além de Leonor Alcácer e João Brás, tem também interpretação de Marta Neto e Bruno Soares.

A cenografia é de Ricardo Sampaio, o design gráfico, de Guilherme Peleja.

"Beatriz, a Infeliz" pode ser vista de quinta-feira a sábado, às 13h00.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.