Este ano, o Prémio Literário Casino da Póvoa é dedicado à novela/romance, tendo sido apresentados a concurso 120 livros, de entre os quais o júri selecionou 15.

Assim, concorrem a este prémio, no valor de 20 mil euros, as obras finalistas “A Transparência do Tempo”, de Leonardo Padura, “Bilac vê estrelas”, de Ruy Castro, “Cair para dentro”, de Valério Romão, “Ecologia”, de Joana Bértholo, “Estuário”, de Lídia Jorge, “Fabián e o Caos”, de Pedro Juan Gutiérrez, bem como “Memórias Secretas”, de Mário Cláudio.

São ainda finalistas as obras “Ninguém Espera por Mim no Exílio”, de João Paulo Sousa, “O Bebedor de Horizontes”, de Mia Couto, “O Centro do Mundo”, de Ana Cristina Leonardo, “O Invisível”, de Rui Lage, “O Nervo Ótico”, de Maria Gaínza, “Pátria”, de Fernando Aramburu, “Sua Excelência, de Corpo Presente”, de Pepetela, e “Também os Brancos Sabem Dançar”, de Kalaf Epalanga.

As obras finalistas foram publicadas pelas editoras Abysmo, Caminho, D. Quixote, Gradiva, Porto Editora, Quetzal, Teodolito e Tinta-da-China.

O vencedor do prémio será anunciado na cerimónia de abertura da 21.ª edição do encontro de escritores de expressão ibérica Correntes d´Escritas.

A entrega do prémio terá lugar, como habitualmente, numa cerimónia pública, a realizar na sessão de encerramento do encontro, que decorre entre os dias 15 e 23 de fevereiro.

No ano passado, o vencedor do galardão máximo deste encontro de escritores de expressão ibérica foi Luís Quintais, com a obra poética “A Noite Imóvel”.

A última obra de ficção a ganhar este prémio foi “A Forma das Ruínas”, do escritor colombiano Juan Gabriel Vasquez.

O júri deste ano é composto por Ana Daniela Soares, Carlos Quiroga, Isabel Pires de Lima, Paula Mendes Coelho e Valter Hugo Mãe.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.