O passatempo #UmaBibliotecaUmLeitor, que tem como objetivo eleger o livro preferido dos leitores portugueses, visa celebrar o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, que se assinala em 23 de abril, e é uma iniciativa da DGLAB para envolver as bibliotecas públicas e os seus utilizadores.

De acordo com informação da DGLAB, as 303 bibliotecas públicas de todo o país foram convidadas a enviar as suas sugestões de leitura, a partir das quais foi possível criar uma lista com mais de 150 títulos.

De entre os livros mais sugeridos pelas bibliotecas de todo o país, foram identificados os 10 livros mais referidos, destinados ao público adulto e ao público infantil.

É a partir dessas duas listas de dez livros cada (uma de livros para adultos e outra de livros infantis), que será feita a votação – em que os concorrentes votam no seu livro favorito - e escolhidos aleatoriamente os vencedores: um leitor e uma biblioteca em cada uma das categorias.

As votações abriram na quarta-feira e decorrem até à meia-noite do dia 21 de abril, devendo cada participante votar no livro preferido, indicar a biblioteca municipal que habitualmente frequenta e deixar os seus contactos.

Segundo o regulamento, cada pessoa apenas pode votar uma vez: livro adulto e livro infantil.

Os resultados do passatempo são divulgados no dia 23 de abril, em que serão anunciados os livros, adulto e infantil, preferidos dos leitores das Bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.

No final, será oferecido um conjunto de 50 livros a dois utilizadores, escolhidos aleatoriamente, que tenham votado no livro mais votado, de adulto e infantil, e um conjunto de 20 livros às bibliotecas municipais a que pertencerem os utilizadores selecionados.

Os dez livros em votação são “A Amiga Genial" de Elena Ferrante, "A Boneca de Kokoschka" de Afonso Cruz, "Ensaio sobre a Cegueira" de José Saramago, "O Filho de Mil Homens", de Valter Hugo Mãe, "Imortal", de José Rodrigues dos Santos, "Nenhum Olhar", de José Luís Peixoto, "A Rapariga no Comboio", de Paula Hawkins, "A Sombra do Vento", de Carlos Ruiz Záfon, "O Tatuador de Auschwitz", de Heather Morris, e "As Velas Ardem até ao Fim", de Sándor Marai.

Na área infantil, os dez livros escolhidos são "Não Abras este Livro", de Andy Lee e ilustração de Heath McKenzie, "O Cuquedo", de Clara Cunha e ilustração de Paulo Galindro, "A Lagartinha Muito Comilona", de Eric Carle, "A Menina do Mar", de Sophia de Mello Breyner Andresen e ilustração de Fernanda Fragateiro, "A Menina que não Queria Livros", de Luísa Ducla Soares, "O Meu Avó Consegue Voar", de Pedro Seromenho e ilustração de Paulo Galindro, "O Meu Pé de Laranja Lima", de José Mauro de Vasconcelos, "Ninguém dá Prendas ao Pai Natal", de Ana Saldanha e ilustração de Madalena Matoso, "O Paraíso São os Outros", de Valter Hugo Mãe, e "O Principezinho" de Antoine de Saint-Exupéry.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.