“Evocar Ary dos Santos é lembrar a força e a beleza da palavra, simples e poética, tão simples que desde logo chegou às camadas mais modestas da sociedade. O ‘Poeta do Povo’ é reconhecido por todos, pois a sua obra, sempre atual, permanece na memória e na voz de todos”, disse Joana Amendoeira à agência Lusa.

A fadista recordou que o poeta é “autor de mais de 600 poemas para canções, cantadas por nomes como Amália Rodrigues, Simone de Oliveira, Maria Armanda, Tonicha, Fernando Tordo, ou Carlos do Carmo, entre outros.

No palco da Damaia, Joana Amendoeira é acompanhada pelos músicos Pedro Amendoeira, na guitarra portuguesa, João Filipe, na viola, e Carlos Menezes, no contrabaixo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.