O encenador e cineasta Jorge Silva Melo e o a ator Luís Lucas vão ler poemas de Adolfo Casais Monteiro (1908-1972) na próxima segunda-feira, às 18:30, na biblioteca da Imprensa Nacional, ao Príncipe Real, em Lisboa.

A sessão faz parte do ciclo “A Voz dos Poetas”, que regularmente acontece naquele espaço.

Casais Monteiro estreou-se literariamente aos 21 anos, com “Confusão”, livro constituído por poemas escritos durante os tempos de estudante universitário no Porto, sua cidade natal, onde se licenciou Ciências Históricas e Filosóficas. Todavia, por razões políticas, viu os seus escritos proibidos pelos Serviços de Censura do regime ditatorial do Estado Novo (1933-1974) e foi forçado, em 1954, a exilar-se no Brasil, onde continuou a escrever.

Casais Monteiro fez parte do movimento político Renovação Democrática, e da direção da revista Presença, com José Régio e João Gaspar Simões, sendo um dos poetas da denominada “geração modernista”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.