Pinti estava internado desde o início de março num hospital de Buenos Aires por problemas derivados da diabetes, que se agravaram no último passado.

O ator planeava o regresso aos palcos com um espetáculo num teatro na rua Corrientes, na capital argentina, onde foi velado na segunda-feira.

"Escolhemos despedir-nos de Enrique Pinti - uma grande referência nesta sala de teatro - lembrando a sua última casa. A sua saúde não lhe permitiu materializar o anunciado 'Muito em breve'. Sem dúvida, Enrique é o protagonista hoje de um dos momentos tristes da história do teatro argentino", escreveu Carlos Rottemberg, produtor teatral e amigo do ator, nas redes sociais.

Precursor da comédia stand-up na Argentina, Pinti promoveu, produziu e dirigiu dezenas de espetáculos do chamado "café-concerto", onde misturava humor, música, dança e monólogos.

Com uma extensa carreira no cinema e na televisão, trabalhou em mais de vinte filmes.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.