O voto de pesar foi apresentado pelo partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) e aprovado com os votos favoráveis de todas as bancadas.

No texto, o PAN recordou que Vera Lyn, que morreu em 18 de junho, “era a voz da esperança da II Guerra Mundial” e as suas canções “’We’ll meet again’e ‘The white cliffs of Dover’ foram na época um símbolo de alento para os britânicos”, tanto na frente de batalha como no Reino Unido.

Recentemente, durante a pandemia de COVID-19, recorda-se no voto de pesar, “a rainha Isabel II inspirou-se numa destas músicas para passar uma mensagem de alento aos britânicos” - “Voltaremos a encontrar-nos”.

Vera Margaret Lynn, nascida em 20 de março de 1917, recebeu a Ordem do Império Britânico em 1969, o título de Dame em 1975 e a Ordem de Companheira de Honra em 2016.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.