O espetáculo de stand-up de Rui Sinel de Cordes em Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, foi cancelado pelo presidente da câmara municipal, Álvaro Beijinha, contou o humorista na sua conta no Facebook.

"Esta nunca me tinha acontecido, mas em Portugal tudo é possível. O espectáculo em Santiago do Cacém depois de ser marcado com o programador cultural local e anunciado na Cordes OUT Tour, foi vetado e cancelado pelo presidente da Câmara de Santiago do Cacém", escreveu Sinel de Cordes, acrescentando que já não vai "a Santiago do tempo de encontrar uma alternativa perto".

No texto partilhado nas redes sociais, o humorista lançou ainda ataques ao Bloco de Esquerda e ao Partido Comunista Português. "Depois de um atrasado mental do Bloco dizer que eu defendia a violação de mulheres por fazer piadas sobre violações, agora um autarca do PCP cancela espectáculos já marcados. É esta a nova esquerda portuguesa. É para trás que este país caminha", disse o humorista português na sua página no Facebook.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.