O projeto, que é apresentado no palco instalado no Parque María Cristina, daquela cidade andaluza, é uma iniciativa dos músicos José María Bandera, sobrinho de Lucía, que fez parte do seu sexteto, e de Amir John Haddad, “El Amir”.

O álbum é uma homenagem de Paco de Lucía à “copla” canção popular urbana espanhola, e a compositores como Antonio Quintero, Manuel Quiroga e Rafael de León, autores de títulos que ainda hoje são recriados como “Tatuaje”, “Rocio”, “La Paralla”, “María de la O”, “Ojos Verdes”, “Te lo Juro Yo” e “La Zarzamora”.

Além de José María Bandera (guitarra) e El Amir (guitarra e bouzuki), ao palco do Parque María Cristina sobem também Josemi Garzón (baixo) e Israel Katumba (percussão).

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.