Numa entrevista à Variety, o presidente do FX, John Landgraf, admitiu que gostaria que a série de Louis C.K. regressasse ao canal norte-americano. Interrompida desde 2015, "Louie" contou com cinco temporadas e tem mantido a continuidade em aberto depois das acusações de assédio sexual que envolveram o humorista.

"Adoro 'Louie', adoro o trabalho dele e sinto falta dele", assumiu o responsável, que disse ainda que um regresso da série não dependia tanto de si mas da disponibilidade do comediante e do público.

"Depende de para onde iremos enquanto sociedade e de quando, ou se, estaremos dispostos da dar segundas oportunidades ou a perdoar - e de quem chegará a ser perdoado. A decisão não é minha", esclareceu.

"O Louie confirmou a investigação do New York Times – algumas pessoas disseram que o seu pedido de desculpa foi inadequado, mas conhecendo-o, acredito que ele estava a tentar fazer um pedido sincero", assinalou ainda Landgraf.

Em 2017, Louis C.K. foi acusado de má conduta sexual para com várias mulheres. As vítimas revelaram ao The New York Times que, entre outros atos, o comediante se masturbou à frente delas.

Conhecidas as alegações, o ator divulgou um depoimento em que admitiu a verdade das acusações e anunciou o seu afastamento. "Estas histórias são verdadeiras", disse, citado pelo The New York Times e pela BBC.

"Na altura, disse a mim mesmo que o que fiz era OK, porque nunca me tinha exibido a uma mulher sem perguntar primeiro, o que também é verdade. Mas o que aprendi mais tarde na vida, demasiado tarde, é que quando estamos numa posição de poder sobre outra pessoa, essa questão não se põe", lê-se no depoimento de Louis C.K., citado pela imprensa.

O comediante lamentou a situação, os danos causados ao canal FX, que acolhe os seus programas de comédia, à distribuidora The Orchard e a todos aqueles "que apostaram" na sua carreira ao longo dos anos.

"I Love You, Daddy", filme realizado por Louis C.K. e centrado na história de um septuagenário que seduz uma adolescente, teve a distribuição cancelada nos EUA mas foi exibido em Portugal no Lisbon & Sintra Film Festival, em novembro passado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.