Nathaniel Hall é uma das estrelas de "It's a Sin", nova série britânica que pode ser vista na HBO Portugal. Na produção, o ator veste a pele de Donald Bassett, um dos namorados de Ritchie Tozer, personagem de Olly Alexander (vocalista dos Years & Years).

Para assinalar a estreia e festejar o sucesso da série junto dos espectadores e da critica, o ator escreveu um emotivo texto para o site i News, que tem sido destacado por toda a imprensa do Reino Unido. Em discurso direto, Nathaniel Hall revela que contraiu HIV aos 16 anos, na primeira vez que fez sexo.

"É sexta-feira à noite. Estou sentado no sofá do sótão da casa dos meus pais, nos braços do meu novo namorado, a chorar profundamente enquanto 'Everybody Hurts', dos R.E.M., toca nos créditos finais da que agora é a série mais falada na Grã-Bretanha. Acabámos de ver a minha estreia na televisão como Donald Bassett em 'It's A Sin' , do Channel 4 , mas não é por isso que estou a chorar", começa por contar o ator britânico.

"Vivo com HIV há 18 anos. Fui diagnosticado aos 16 anos depois de fazer sexo pela primeira vez, e conheço bem a vergonha associada ao vírus", frisa. "Mas, ao contrário dos rapazes da série, tive a sorte de ser diagnosticado em 2003, na era da medicação", acrescenta.

No texto, Nathaniel Hall conta ainda que tem recebido centenas de mensagens. "Quero responder a todos: 'obrigado pelas palavras simpáticas, foi um honra fazer parte'. Mas depois de o escrever centenas de vezes, começa a parecer que não tem sentido", confessa.

"Vejo a preocupação nos olhos do meu namorado quando ele me diz que se preocupa com o meu esgotamento. Ele está certo, estou exausto. Os meus amigos negros também. O meus amigos trans também. A necessidade de nos aliarmos nunca foi tão urgente", defende.

Escrita e produzida pelo guionista Russel T Davies ("Queer as Folk", "A Very English Scandal" e "Years and Years"), com Nicola Shindler ("Happy Valley" e "The Stranger") como produtora executiva, a série explora a amizade e o amor durante a crise do VIH em Londres na década de 1980.

Composta por cinco episódios de 60 minutos e um elenco de atores veteranos e novos talentos, "It's a Sin" é protagonizada por Olly Alexander, ao lado de Omari Douglas, Callum Scott Howells, Lydia West e Nathaniel Curtis. O elenco também inclui Neil Patrick Harris, Keeley Hawes, Shaun Dooley, Stephen Fry e Tracy Ann Oberman.

Olly Alexander interpreta Ritchie Tozer, de 18 anos, "o menino de ouro da família", que esconde a sua orientação sexual.

Segundo a HBO Portugal "It's a Sin" explora a vida de Ritchie (Alexander), Roscoe (Douglas) e Colin (Howells) enquanto "começam uma nova vida em Londres no início dos anos 1980". "Sem se conhecerem, esses jovens homossexuais e a sua melhor amiga Jill (West), encontram-se e partilham aventuras. Mas a incidência de um novo vírus está a aumentar e em breve as suas vidas serão colocadas à prova de forma inesperada. À medida que a década vai passando e eles crescem à sombra do VIH, eles estão determinados a viver e a amar com mais força do que nunca", adianta o serviço de streaming em comunicado.

Ao Channel 4, Olly Alexander diz sentir-se "sortudo por fazer parte deste projeto", confessando ser fã de Russel T. Davies.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.