A nível de contadores de histórias, esta década serviu para fortalecer dois nomes essenciais:
Quentin Tarantino e
Clint Eastwood. Cada um à sua maneira, foram capazes de sobreviver à indústria e, na verdade, proliferaram obras de elevadíssima qualidade.
Kill Bill ou
Sacanas sem Lei do primeiro e
A Troca ou
Mystic River do segundo são apenas exemplos de um vasto rol de pérolas cinematográficas.

Entre os mais marcantes da década contam-se ainda o experimental
Donnie Darko, de
Richard Kelly, o provocante
V de Vingança, de
James McTeigue, o visualmente estimulante
Sin City - A Cidade do Pecado, de
Frank Miller e
Robert Rodriguez, o perturbador
Oldboy - Velho Amigo, de
Chan-wook Park, o mágico
O Fabuloso Destino de Amélie, de
Jean-Pierre Jeunet, o intenso
As Vidas dos Outros, de
Florian Henckel von Donnersmarck, o enigmático
Memento e o poderoso
O Cavaleiro das Trevas, de
Christopher Nolan, o tocante
Wall-E, de
Andrew Stanton, o adorável
(500) Days of Summer, de
Marc Webb ou o libertador
O Lado Selvagem, de
Sean Penn.

Veja o que de mais importante se passou no cinema ano a ano:

-
Ano 2000 no cinema

-
Ano 2001 no cinema

-
Ano 2002 no cinema

-
Ano 2003 no cinema

-
Ano 2004 no cinema

-
Ano 2005 no cinema

-
Ano 2006 no cinema

-
Ano 2007 no cinema

-
Ano 2008 no cinema

-
Ano 2009 no cinema

Consulte a última edição da Take.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.