Na visita ao Intersección, da Corunha, Rui Pedro Tendinha ficou com um fraco sobre a fascinante obra de Tatiana Macedo, artista visual que dialoga com os limites do cinema. O crítico falou com a lisboeta e desvendou outras maravilhas de um festival que sobreviveu ao recolher obrigatório.

Neste Cinetendinha há ainda tempo para uma conversa boa com Catarina Wallenstein e para sugerir um inédito de luxo, "Nas Termas", com Michel Houelebecq a fazer de Michel Houelebecq.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.