Depois dos vídeos virais com Tom Cruise a correr nos seus filmes, finalmente um estudo a sério sobre o resultado de tanto exercício.

Aproveitando a chegada aos cinemas de "Missão: Impossível - Fallout", o Rotten Tomatoes fez o cálculo do que andou o ator a correr na sua carreira com quase 40 anos e se isso teve um efeito positivo para os seus filmes.

Antes de mais, mesmo sem contabilizar a última missão do agente Ethan Hunt (e muito exercício faz ele por Londres, Paris, etc.), contaram-se todos os segundos e estima-se que Tom Cruise correu mais de 7,3 quilómetros no grande ecrã.

Claro que isto corresponde ao que Cristiano Ronaldo corre em média em cada jogo de futebol, mas em cinema é muito mais invulgar fora dos filmes sobre desportos.

O que o estudo revelou foi uma correlação geralmente positiva entre as distâncias que correu e as críticas positivas recebidas pelos filmes.

A grande conclusão é que "filmes onde Cruise correu mais de 305 metros têm uma média de críticas positivas mais alta (71% no "Tomatometer") do que aqueles onde correu menos ou nem sequer fez exercício". E mais: geralmente os resultados nas bilheteiras também são melhores.

O estudo mostra por exemplo que o ator corre pouco quando vai contra a sua imagem de marca ("Magnolia", "Peões em Jogo", "Tempestade Tropical" e "Valquíria"), onde as recompensas acabam por ser mais nomeações para prémios porque os resultados de bilheteira ficaram entre os mais fracos da carreira.

Outro dado é que praticamente metade dos 41 filmes que Cruise fez entram na categoria das "poucas corridas" e quase 80% são das décadas de 80 e 90: o empenho a sério só começou por volta do primeiro "Missão: Impossível" (1996).

Daí a outra conclusão do Rotten Tomatoes: o ator de 56 anos aumentou a "pedalada" conforme foi envelhecendo.

O próprio estudo também reconhece que a fórmula nem sempre resulta: apesar das corridas em "Jack Reacher: Nunca Voltes Atrás" (2016) e "A Múmia", os resultados de bilheteira desiludiram e as reações dos críticos também foram más: apenas 37% e 15% respetivamente gostaram dos filmes.

De acordo com o que correu, eis o TOP dos filmes de Tom Cruise:

1. "Missão Impossível 3" (2006) – 979 metros
2. "Missão Impossível: Operação Fantasma" (2011) – 934,5 metros
3. "Guerra dos Mundos" (2005) – 534 metros
4. "Relatório Minoritário" (2002) – 476 metros
5. "A Firma" (1993) – 378,2 metros
6. "No Limite do Amanhã" (2014) – 324,6 metros
7. "Jack Reacher: Nunca Voltes Atrás" (2016) – 320,3 metros
8. "A Múmia" (2017) – 311,5 metros
9. "Missão Impossível: Nação Secreta" (2015) – 307 metros
10. "Vanilla Sky" (2001) – 253,5 metros

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.