O
Festróia - Festival Internacional de Cinema de Setúbal, arranca sexta feira no auditório da Anunciada com a entrega do Golfinho de Ouro a
Rogério Samora, pelos 30 anos de carreira do actor português.

«É um prémio merecido e está na altura de o atribuir», disse a directora do certame,
Fernanda Silva, que justificou a atribuição do prémio carreira a Rogério Samora com o facto de se tratar de «um actor que já interpretou mais de 150 personagens -- entre filmes, séries e novelas - ao longo de 30 anos de carreira».

Em termos cinematográficos, a 26.ª edição do festival começa com a exibição de
«Berlin 36», de Kaspar Heidelbach (Alemanha), o primeiro de 190 filmes de 40 países, que serão exibidos de 4 a 13 de Junho, período em que decorre o certame. Este ano o festival contará com duas salas em Setúbal – o Auditório da Anunciada e o Auditório Municipal Charlot, e extensões no Fórum Romeu Correia (Almada) e no Largo José Afonso (Setúbal).

Em termos de programação, além das secções competitivas habituais – Secção Oficial, Primeiras Obras, Independentes Americanos e O Homem e a Natureza –, o certame conta com diversas mostras não competitivas, entre as quais a Homenagem à Eslováquia e o ciclo de Histórias da Resistência, composto por filmes sobre homens e mulheres que, por toda a Europa, serviram de exemplo ao lutarem contra a opressão.


SAPO/LUSA

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.