O filme "Estilhaços", do realizador José Miguel Ribeiro, integra a competição do festival Anima - Festival Internacional de Cinema de Bruxelas, que começa a 24 de fevereiro, revelou a produtora Filmes da Praça.

O filme, que aborda a guerra colonial e os efeitos do 'stress' pós-traumático em contexto familiar, foi o único português selecionado para a competição internacional do festival belga.

"Estilhaços" combina imagem real, desenho animado e 'stop-motion', uma mistura justificada pela narrativa, centrada na relação entre um pai e um filho.

Entre ficção e documentário, o filme cruza duas perspetivas sobre a guerra: a do pai, que a viveu, e a do filho, que cresceu a construir uma memória da guerra a partir dos relatos do progenitor.

José Miguel Ribeiro é o realizador da curta de animação "A Suspeita" (1999), que foi galardoada com 26 prémios internacionais e permanece a animação nacional mais premiada de sempre.

O Anima - Festival Internacional de Cinema de Bruxelas decorrerá de 24 de fevereiro a 5 de março.

Já exibido em Locarno e premiado em Portugal - no Cinanima e no Caminhos do Cinema Português -, o filme está também selecionado para a competição do Festival de Clermont-Ferrand, um dos mais importantes festivais dedicados à curta-metragem, que começa a 3 de fevereiro, tal como tinha anunciado já a produtora.

Para este evento está também selecionado "Campo de víboras", co-produção luso-francesa de Cristèle Alves Meira.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.