"O Segredo das Pedras Vivas" (2016) é o título do seu último filme, uma adaptação ao cinema de uma série da sua autoria dos anos 1990.

Além de cineasta, António de Macedo foi também escritor, tendo publicado recentemente "Lovesenda", e um livro com contos seus, "O Terceiro Chega em Maio", será publicado ainda este ano pela editora Divergência, adianta a família em comunicado.

“Está prevista a estreia em Lisboa e no Porto de um documentário de João Monteiro, ‘Nos Interstícios da Realidade, O Cinema de António de Macedo’, sobre o seu papel essencial no cinema português”, segundo a mesma fonte.

A sua primeira longa-metragem, "Domingo à tarde" (1965), é baseada no romance homónimo de Fernando Namora, e protagonizado por Ruy de Carvalho.

Macedo realizou cerca de 12 longas-metragens e mais de 30 curtas e médias metragens, além de ter realizado várias séries para televisão, nomeadamente, "O Altar dos Holocaustos" (1992).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.