Intitulada
«The School of Reis» («A Escola de Reis»), esta é a primeira retrospetiva integral da obra de
António Reis e
Margarida Cordeiro nos Estados Unidos e inclui, entre outros, o documentário etnográfico
«Trás-os-Montes» (1976).

«Pouco conhecido nos Estados Unidos, António Reis (1927-1991) é considerado no seu país um artista visionário cujo trabalho, enquanto realizador e professor de cinema, exerceu uma influência incalculável numa geração de realizadores portugueses no pós-Salazar», refere a cinemateca da Universidade de Harvard, em Cambridge, na região de Boston.

Até ao dia 26, serão ainda exibidos
«Ana» (1985),
«Jaime» (1974) e
«Rosa de Areia» (1989), todos feitos pelo realizador e poeta com Margarida Cordeiro. O ciclo inclui ainda filmes de realizadores que trabalharam com António Reis ou foram por ele influenciados, como
Paulo Rocha, com
«Mudar de Vida» (1966).

Como António Reis também foi assistente de
Manoel de Oliveira, será igualmente exibido
«Acto da Primavera», dirigido pelo realizador de
«O Estranho Caso de Angélica», em 1962. De realizadores que foram alunos de António Reis o ciclo inclui
«O Pastor», de
João Pedro Rodrigues (1988), e
«Deste Lado da Ressurreição», de Joaquim Sapinho.

O Harvard Film Archive já fez retrospetivas do cinema de
João César Monteiro, João Pedro Rodrigues,
Pedro Costa e Manoel de Oliveira. Está prevista para este ano uma retrospetiva dedicada a Joaquim Sapinho.

Depois de Harvard, o ciclo de cinema de António Reis e Margarida Cordeiro passará entre 22 e 28 de junho, em Nova Iorque, no Anthology Film Archives, fundado pelo realizador
Jonas Mekas.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.