Na cerimónia dos Globos de Ouro, os prémios dividiram-se:
Sandra Bullock conquistou o troféu de Melhor Actriz - Drama por
«Um Sonho Possível»[/s] e
Meryl Streep a estatueta de Melhor Actriz - Comédia ou Musical por
«Julie & Julia». Geralmente, quem ganha é a primeira (o drama prevalece sempre sobre a comédia nos gostos da Academia), embora este ano a escolha não seja tão simples.

É que
Sandra Bullock, apesar da unanimidade de elogios que o papel lhe valeu, tem tido uma carreira bastante errática em termos de qualidade e sucesso, e isso pesa na altura de votar. Por seu turno,
Meryl Streep é, à vista de todos, a melhor actriz de cinema viva, que apesar de já contar com dois Óscares em casa num recorde de 16 nomeações, conquistou-os já há muito tempo, em 1980 e 1983. Já é tempo de a premiar outra vez, ainda por cima tendo em conta que ela encarna Julia Child, uma figura mítica para os norte-americanos.

Ainda assim, é muito possível que haja surpresas:
Gabourey Sidibe é uma estreante e
Carey Mulligan tem ainda pouquíssimos filmes no currículo, mas as suas interpretações têm sido tão elogiadas que a conquista da estatueta dourada não deve ser posta de lado.
Helen Mirren, com uma vitória recente, e um filme pouco visto, parece ser a que tem menos possibilidades de ganhar.

Nomeado Melhor Actriz

Sandra Bullock por
«Um Sonho Possível»

Helen Mirren por
«The Last Station»

Carey Mulligan por
«Uma Outra Educação»

Gabourey Sidibe por
«Precious»

Meryl Streep por
«Julie & Julia»

E o vencedor é

Sandra Bullock por
«Um Sonho Possível»

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.