A realizadora e artista visual Filipa César vai estar, em fevereiro, no festival de cinema de Berlim com o filme "Spell Reel", no programa paralelo Berlinale Forum, revelou hoje a organização.

O festival divulgou hoje os 43 filmes selecionados para aquele programa paralelo, dedicado a projetos mais experimentais e híbridos entre ficção e documentário.

Entre eles figura, em estreia mundial, "Spell Reel", uma coprodução entre Portugal, Alemanha, França e Guiné-Bissau assinada por Filipa César.

A realizadora, que vive em Berlim, volta ao festival onde já esteve em edições anteriores, nomeadamente em 2016 com "Transmission from the Liberated Zones", e, em 2013, com "Cuba", ambos a partir dos arquivos fílmicos da Guiné-Bissau, nos quais tem estado a trabalhar nos últimos anos.

De acordo com o que foi anunciado hoje, o programa Berlinale Forum dedicará particular destaque a filmes da América Latina, tendo selecionada a produção brasileira "Rifle", primeira longa-metragem de ficção de Davi Pretto.

O festival de cinema de Berlim começa no dia 09 de fevereiro e contará, na competição oficial, com a longa-metragem "Colo", de Teresa Villaverde, e com as curtas-metragens "Altas Cidades de Ossadas", de João Salaviza, "Coup de Grâce", primeira ficção de Salomé Lamas, "Os Humores Artificiais", de Gabriel Abrantes, e "Cidade Pequena", de Diogo Costa Amarante.

O 67º. festival abrirá com o filme "Django", estreia cinematográfica de Etienne Comar, sobre o guitarrista Django Reinhardt.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.