A 26ª edição dos Prémios Screen Actors Guild (SAG) terá lugar esta noite (madrugada de segunda-feira em Portugal) e pode deixar novas pistas sobre os filmes mais bem colocados na corrida aos Óscares.

Os SAG são o primeiro grande indicador das tendências nesta temporada de prémios do interior de Hollywood pois as escolhas são feitas por 2500 atores escolhidos ao acaso entre os cerca de 150 mil associados dos dois sindicatos que se juntaram em 2012 (SAG e AFTRA). Muitos são também membros da Academia que atribui os Óscares.

A grande surpresa nas nomeações foi a entrada em grande na corrida de "Bombshell - O Escândalo", sobre o grupo de mulheres que enfrentou o clima de assédio sexual criado pelo líder da Fox News Roger Ailes: tem quatro nomeações, para todo o elenco (um equivalente a Melhor Filme nestes prémios) e ainda individualmente para Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie.

Ainda com quatro nomeações destacam-se "O Irlandês", de Martin Scorsese, pelo conjunto do elenco e ainda Al Pacino, Joe Pesci (mas não Robert De Niro, que já ficara de fora nos Globos de Ouro e voltou a ficar ausente das nomeações aos Óscares, mas vai receber um anteriormente anunciado prémio pela carreira) e o trabalho dos duplos, enquanto "Era Uma Vez...em Hollywood" surge na corrida pelo elenco, os duplos e ainda Leonardo DiCaprio e Brad Pitt.

"Marriage Story" também está na corrida com atores Adam Driver, Scarlett Johansson (que conseguiu segunda nomeação com "Jojo Rabbit") e Laura Dern.

Além de "Bombshell - O Escândalo", "O Irlandês" e "Era Uma Vez... em Hollywood", os outros filmes nomeados pelo conjunto do elenco são surpresas: "Jojo Rabbit" e o sul coreano "Parasitas".

Confirmando a grande popularidade dentro de Hollywood do vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, é apenas a segunda vez que é nomeado um filme não falado em inglês após o italiano "A Vida é Bela" em 1998 ("Babel" entrou em 2006, mas também era falado em inglês, e o francês "O Artista", em 2010, era mudo até à frase final, que era em inglês).

Para o prémio de Melhor Ator, outra surpresa: Taron Egerton entra com "Rocketman" ao lado de DiCaprio e Adam Driver e dos também esperados Christian Bale ("Le Mans '66: O Duelo") e Joaquin Phoenix ("Joker").

Além de Robert De Niro, as grandes ausências desta competitiva categoria são Antonio Banderas ("Dor e Glória"), Jonathan Pryce ("Dois Papas"), Adam Sandler ("Uncut Gems") e Eddie Murphy ("Chamem-me Dolemite").

Para Melhor Atriz há menos surpresas em relação às listas das associações de críticas e das nomeações dos Globos de Ouro: além de Scarlett Johansson e Charlize Theron, eram esperadas Cynthia Erivo ("Harriet") e Renée Zellweger ("Judy), juntando-se Lupita Nyong'o ("Nós"). A maior omissão será a de de Saoirse Ronan ("Mulherzinhas").

Nos atores secundários, Jamie Foxx (Just Mercy") junta-se aos esperados Brad Pitt, Al Pacino, Joe Pesci e Tom Hanks ("A Beautiful Day in the Neighborhood). Em relação aos Globos de Outro também ficou de fora o outro protagonista de "Dois Papas", Anthony Hopkins.

Nas secundárias, Jennifer Lopez ("Ousadas e Golpistas") confirma o estatuto forte na temporada de prémios, juntando-se a Laura Dern, Nicole Kidman, Margot Robbie e Scarlett Johansson. Em relação aos Globos de Ouro, ficaram de fora Kathy Bates ("O Caso de Richard Jewell") e Annette Bening "(The Report").

Na categoria de cinema existe ainda um prémio para o melhor elenco de duplos, onde estão nomeados "Vingadores: Endgame", "Le Mans '66: O Duelo", "O Irlandês", "Joker" e "Era Uma Vez... em Hollywood".
<h3>Em televisão, "Fleabag" volta a ser a sensação</h3>

Após a consagração nos Emmys em setembro e nos Globos de Ouro, a segunda temporada de "Fleabag" destaca-se também nas nomeações televisivas dos SAG: Melhor Elenco Comédia, Atriz para Phoebe Waller-Bridge e Ator para Andrew Scott.

Apesar de também ter três nomeações, a nova série da Apple TV+ "The Morning Show" falhou a de Elenco de Drama, contando apenas Jennifer Aniston, Steve Carell e Billy Crudup.

Após as séries dos quatro canais nacionais (ABC, NBC, CBS e Fox) terem ficado pela primeira vez completamente excluídos nos Globos de Ouro, foram reduzidas aqui a uma nomeação, a de Sterling K. Brown por "This Is Us" (NBC).

Nos dramas surgem "Big Little Lies", "The Crown", A Guerra dos Tronos", "A História de uma Serva" e "Stranger Things".

As outras comédias nomeadas pelo conjunto do elenco foram "Barry", "The Kominsky Method", "The Marvelous Mrs. Maisel" (que lidera as nomeações das séries) e "Schitt´s Creek".

Para drama, além de Carell, Crudup e Brown, estão nomeados Peter Dinklage ("A Guerra dos Tronos") e David Harbour ("Stranger Things"), e as atrizes Helena Bonham Carter e Olivia Colman ("The Crown"), Jodie Comer ("Killing Eve") e Elisabeth Moss ("A História de uma Serva").

Nas comédias, além de Andrew Scott surgem Alan Arkin e Michael Douglas ("The Kominsky Method"), Bill Hader ("Barry") e Tony Shalhoub ("The Marvelous Mrs. Maisel"), e Phoebe Waller-Bridge junta-se a Christina Applegate ("Dead to Me"), Alex Borstein e Rachel Brosnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel") e Catherine O´Hara ("Schitt´s Creek).

Por minisséries ou telefilmes concorrem os atores Mahershala Ali ("True Detective"), Russell Crowe ("The Loudest Voice"), Jared Harris ("Chernobyl"), Jharrel Jerome ("When They See Us") e Sam Rockwell ("Fosse/Verdon"), e as atrizes Patricia Arquette e Joey King ("The Act"), Toni Collette ("Unbelievable"), Emily Watson ("Chernobyl") e Michelle Williams ("Fosse/Verdon").

Pelo trabalho dos duplos, tanto em Drama como Comédia, foram nomeadas as séries "A Guerra dos Tronos", "Glow", "Stranger Things", The Walking Dead" e "Watchmen".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.