Foi em 2004 que chegou aos cinemas "The Incredibles - Os Super Heróis", a história de um grupo de super-heróis obrigado a viver anonimamente sob um programa de protecção de testemunhas. Eram uma família a tentar ter uma vida normal, mas "atormentada" pelas recordações dos seus feitos heróicos ainda muito próximas.

Tendo em conta que é um dos mais populares títulos de animação da Pixar, qual a razão se esperar 14 anos pela sequela? Não é um pouco excessivo mesmo para um estúdio famoso pelo tempo que leva a fazer os seus filmes? A culpa, afinal, é da Marvel.

O realizador e argumentista Brad Bird explicou que a demora tem a ver com a quantidade de filmes de super-heróis que apareceram: o primeiro "The Incredibles" antecedeu "Homem de Ferro" em quatro anos e tudo mudou com esta primeira produção da Marvel.

"A certo ponto, é como ir para um campo de futebol onde já se fizeram muitos jogos. A relva está gasta, há terra à mostra e já nada cresce naquele solo. Portanto, há este aspeto em que se sente, 'isto já foi visto'. Em termos de história, isso torna-se um grande desafio. Porque não só temos todos os super-heróis possíveis e as campanhas de promoção cruzada dos filmes e toda a conversa, mas também várias séries de TV", explicou durante o fim de semana a um grupo de jornalistas.

"É fácil ficar com medo e dizer 'Vale a pena sequer tentar?' Toda a gente fez tudo até à exaustão.", acrescentou.

Brad Bird acabou por encontrar motivação ao recordar o que tornava o primeiro filme tão especial.

"E é esta a ideia de família e que os super-heróis têm de esconder os seus poderes. E essas coisas são realmente únicas para nós e existe muito por explorar." , explicou.

O realizador garantiu ainda que "The Incredibles 2: Os Super-Heróis" não é apenas um pretexto para ganhar mais dinheiro.

"Se fosse, não demoraríamos 14 anos – não faz qualquer sentido em termos financeiros esperar este tempo todo –, trata-se puramente de que tínhamos uma história que queríamos contar", defendeu.

"The Incredibles 2: Os Super-Heróis" estreia a 28 de junho em Portugal.

Trailer.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.