Em exibição nos cinemas desde 22 de agosto, mantém-se em alta a popularidade de "Variações", que voltou a subir mais algumas posições no TOP 10 dos filmes portugueses mais vistos desde que os números são divulgados pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

Ao quinto fim de semana nas salas (19 a 22 de setembro), o "biopic" sobre António Variações foi visto por 17.621 espectadores, revelam os dados divulgados esta segunda-feira pelo ICA.

Os resultados de bilheteira em Portugal colocam em primeiro lugar este fim de semana a estreia de "Ad Astra", com Brad Pitt (36.483 espectadores), seguido por "IT: Capítulo 2" (22.904).

Apesar de ter perdido 11 salas (está agora em 75), "Variações" desceu apenas 6,9% em relação ao fim de semana anterior e ficou a pouca distância do português "A Herdade", que estreou em terceiro lugar nas bilheteiras, com 19.424 espectadores.

O trabalho de João Maia com Sérgio Praia tem sido um fenómeno: agora com 245.705 espectadores, está em sexto lugar entre os filmes portugueses mais vistos desde 2004 na lista do ICA, ultrapassando "Corrupção" (231 mil espectadores em 2008-2009), "Call Girl" (233 mil em 2009-2010) e "Morangos com Açúcar - O Filme" (238 mil em 2012).

Em breve, ficará à frente de "Balas & Bolinhos - O Último Capítulo" (256 mil espectadores em 2012) e "Filme da Treta" (279 mil em 2006).

Mais difícil será chegar à terceira posição de "7 Pecados Rurais" (324 mil em 2013).

O ranking dos filmes portugueses é liderado pela nova versão de "O Pátio das Cantigas" (2015), de Leonel Vieira, com 606.907 espectadores, com "O Crime do Padre Amaro" (2005) em segundo lugar, com quase 381 mil.

"A Gaiola Dourada", de Ruben Alves e com Rita Blanco e Joaquim de Almeida, um fenómeno de bilheteira em 2013 com 761.113 espectadores, não entra nesta contabilidade por ser uma produção francesa.

TRAILER VARIAÇÕES.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.