«Há muito tempo que sou um grande fã da personagem», disse Snyder ao site «Deadline.com». «Ele é, definitivamente, o rei dos super-heróis, ele é o principal. Ainda é muito cedo mas posso dizer-lhe que o que o
David [Goyer] e o
Chris[topher Nolan] fizeram com a história até agora deu-me uma grande percepção sobre a melhor forma de o fazer sentir moderno. Sempre senti que o Super-Homem era espectacular. Assim que terminar o «Sucker Punch», começo imediatamente a trabalhar no filme».

Na sequência do sucesso monumental de
«Batman - O Início» e
«O Cavaleiro das Trevas», ambos de Christopher Nolan e protagonizados pela personagem número dois da DC Comics, a Warner colocou o mesmo cineasta a encabeçar os destino da personagem número um, o Super-Homem, à deriva após a recepção tépida do seu mais recente filme,
«Super-Homem: O Regresso», dirigido por
Bryan Singer.

Em parceria com o argumentista
David S. Goyer, Nolan criou uma primeira versão do argumento, que ainda está em completo segredo, e começou a entrevistar realizadores. Entre os nomes contactados estiveram
Tony Scott (
«Assalto ao Metro 123»),
Duncan Jones (
«Moon - O Outro Lado da Lua»),
Darren Aronofsky (
«O Wrestler») e
Matt Reeves (
«Nome de Código: Cloverfield»).

O escolhido acabaria por ser
Zack Snyder, já bem rodado nas adaptações do cinema à BD, com os fidelíssimos e muito elogiados
«300» e
«Watchmen -Os Guardiões» e que estreia esta semana em Portugal o filme animado
«Lenda dos Guardiões», estando a ultimar a fita de acção no feminino «Sucker Punch».

O filme ainda não tem data de estreia prevista nem protagonista confirmado mas sabe-se que não deverá passar de 2012, uma vez que a Warner estava contratualmente obrigada a ter um filme da personagem em produção no ano de 2011 sob pena de ter de pagar um valor elevado em direitos de autor aos herdeiros dos criadores da personagem, Jerry Siegel e Joe Shuster.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.