Os Blá Blá Blá
são os vencedores do 4.º Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal, cuja final se realizou no sábado, na parada dos Bombeiros Voluntários, integrada no Festival 7 Rock, de encerramento do programa municipal m@rço.28.



A banda de Esposende, fundada em 2006, ficou radiante pela vitória e muito surpreendida pela vibração do público. Luís Fonseca, o saxofonista e também um dos guitarristas da banda, entusiasmado com o prémio, garantiu que valeu a pena a viagem. O representante da banda, vencedora na véspera de outro concurso musical, deu ainda os parabéns à organização pelo evento que não só apadrinha "jovens que gostam de música, mas também porque apoia a cultura".

O grupo de rock alternativo, composto por Joel Zão, Marcelo Silva, Luís Fonseca, Gustavo Cunha e João Miguel, recebeu mil euros e garantiu a passagem directa para o palco da Feira de Sant'Iago. A banda, impressionada com a cidade, o público e a organização, definiu esse regresso a Setúbal como algo que será "fantástico".

A sonoridade electrónica dos
Million Dollar Lips, de Sesimbra, foi distinguida com o segundo lugar, cabendo-lhes um prémio no valor de 750 euros, enquanto os
Black Bombain, que trouxeram de Vila Franca de Xira música do mundo, recebem 500 euros pelo terceiro lugar.

Os góticos
Mons Lvnae, de Cascais, ficaram no quarto posto e receberam 250 euros. A vocalista da banda, satisfeita pela participação, pela qualidade de todos os participantes, mas também pelas amizades e parcerias musicais que se criaram, revelou que para o ano os Mons Lvnae podem voltar.

Apesar de nenhum grupo setubalense integrar a final da prova, o júri atribuiu o prémio de Melhor Banda do Concelho aos roqueiros Ax.Cromado, que, além do prémio monetário de 500 euros, se juntam aos
Blá Blá Blá no concerto na Feira de Sant'Iago.

Este houve um novo prémio, o do público. Durante o mês, cibernautas votaram na que consideram a Melhor Banda e os cerca de três mil votos ditaram que o prémio fosse atribuído aos
Ashes. A banda de Tomar, que não conseguiu estar presente na final, também tem regresso marcado no Verão para o espectáculo na Feira de Sant'Iago.

A decisão dos vencedores esteve a cargo do júri composto por Pedro Antunes, em representação da Câmara Municipal, Pedro Brinca, director do jornal digital Setúbal na Rede, Helena Mendes, professora do Conservatório Regional de Setúbal, um representante Moe's Implosion e Cátia Maurício, da editora Sony BMG.

Pedro Brinca, no momento mais esperado da noite, dirigiu-se às bandas como sendo todas vencedoras, uma vez que estar "na final de uma prova já é uma vitória numa prova que acolheu meia centena de inscrições". Revelou ainda que a qualidade dos participantes levou a uma decisão não unânime dos elementos do júri.

Cátia Maurício, que considera importante as editoras estarem presentes neste tipo de iniciativa, adiantou que o distrito de Setúbal é o que mais "fomenta e apoia eventos e que outros deveriam seguir o exemplo".

No Festival 7 Rock, os Moe's Implosion, vencedores da edição anterior do concurso, actuaram como banda convidada, voltando a conquistar o público num concerto "explosivo". João Sancho, vocalista da banda do Montijo, frisou que era "uma noite nostálgica para a banda".

O cantor adiantou que gosta de agarrar todas as oportunidades de a banda actuar até porque estar em palco é "um vício". O grupo, que volta com prazer a Setúbal, está a trabalhar em novas composições para em Dezembro poder ter um álbum.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.