O disco foi gravado e produzido com a colaboração dos Blasted Mechanism e pretende ser uma fusão desses ritmos, um laboratório de experiências musicais onde se misturam ritmos tradicionais com conceitos contemporâneos, samples de gravações de recolhas etnográficas e loops electrónicos, numa fusão cultural entre o presente e o futuro. A ideologia do projecto baseia-se na multiculturalidade que existe entre os povos e a importância da música como meio de ligação e sua constante transformação.

O Grupo de percussão Nação Vira Lata pretende dinamizar e criar um novo caminho aos ritmos do mundo. É um projecto original que está em constante evolução, sempre na pesquisa e construção de novas ideias artísticas, utilizando uma linguagem própria inspirada em cultos afro-brasileiros, que caracteriza as suas canções. Winga, Lascas, André, Papaia, Jorge e Francisco são os membros constituintes dos Nação.

Ao longo dos seus quatro anos de carreira a Nação Vira Lata apresenta-se ao vivo com uma forte componente cénica e uma ligação com o público procurando comunicar através da alegria, do movimento e dos ritmos.

O lançamento está previsto ser feito no Festival Andanças 2010, em S. Pedro do Sul - Carvalhais que decorre de 2 a 8 de Agosto durante um ritual tribal. O Grupo vai actuar também no Festival Sete Mundos na Galiza (Nordésia) a 7 de Agosto e no Boom Festival a 23 do mesmo mês, em Idanha-a-Nova.

Fiquem desde já com o vídeo promocional do grupo:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.