Aproximadamente 42 anos após a sua morte com apenas 27 anos de idade, o interesse por Jimi Hendrix está forte como nunca. Durante o próximo mês, os fãs do lendário guitarrista irão poder obter uma perspetiva sem precedentes da mente do homem e do músico, com a publicação de "Hendrix On Hendrix: Entrevistas e Encontros com Jimi Hendrix".

Editado por Steven Roby, reconhecido historiador de Hendrix, o livro apresenta o surpreendente alcance e a enorme influência que o músicoteve ao longo da sua carreira, nas suas próprias palavras. “Hendrix On Hendrix” começa com a sua primeira entrevista à imprensa britânica (Record Mirror, 10 dezembro 1966) e termina com a sua última, realizada a 11 de setembro de 1970, uma semana antes de falecer.

No total são mais de 50 entrevistas, de diferentes órgãos de comunicação social como a imprensa, rádio e TV, e ainda transcrições de tribunal, onde Hendrix partilha a sua visão sobre os mais diversos assuntos, como a sua complicada infância,ou o facto de tersidoconsiderado um desertor da sua raça. Na sua última entrevista com o escritor Altham, o jovem músico revela que não quer ser recordado “como apenas outro guitarrista”.

Paulo Costa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.