Investigadores e polícias franceses invadiram esta quarta-feira a casa da antiga companheira de Alain Delon em Suresnes, um subúrbio de Paris, disse à France-Presse uma fonte próxima ao caso que pediu anonimato.

Segundo a fonte, Hiromi Rollin, que Delon apresentou em 2021 como a sua "parceira", deverá ser interrogada ainda hoje.

Alain Delon, de 87 anos , é uma lenda do cinema francês, mais conhecido pelos seus papéis em filmes clássicos dos anos 1960 como "A Piscina" e "O Leopardo".

Caso Alain Delon: companheira responde a acusações de "assédio moral" de filhos do ator
Caso Alain Delon: companheira responde a acusações de "assédio moral" de filhos do ator
Ver artigo

A sua saúde piorou após um acidente cardiovascular em 2019, que o levou a contratar uma mulher para o auxiliar na sua casa, localizada na região de Loiret, no centro da França.

No início de julho, uma primeira queixa foi apresentada pelos filhos de Delon, Anouchka, Alain-Fabien e Anthony, por assédio moral e comportamento ameaçador.

O ator apoiou o processo através de uma declaração por escrito.

Além disso, o filho mais velho de Delon, Anthony, também apresentou outra queixa acusando Rollin de violência e tentativa de sequestro do seu pai.

O seu advogado acusou Rollin de "abusar da fragilidade" de Delon e monitorizar as suas conversas telefónicas e intercetar a sua correspondência, além de maltratar um dos cachorros do ator reformado.

Hiromi Rollin, de 60 anos, foi expulsa da casa do ator a 5 de julho e refutou as acusações contra ela, além de apresentar uma queixa.

Alain Delon, que apareceu em poucos filmes desde a década de 1990, raramente aparece em público nos últimos anos.

Em maio de 2019, recebeu uma Palma de Ouro honorária em Cannes por toda a sua carreira, a sua última grande aparição.

No entanto, foi visto no funeral em Paris do seu grande amigo e colega Jean-Paul Belmondo em setembro de 2021.

Não compareceu às exéquias esta segunda-feira de Jane Birkin, a atriz nascida na Inglaterra com quem contracenou em "A Piscina" juntamente com a já falecida Romy Schneider, mas deixou uma mensagem de condolências, dizendo que ela partira "para se juntar ao teu Serge [o cantor e ex-marido Serge Gainsbourg], à Romy e todos os outros".

"Mais um anjo... obrigado, obrigado minha Jane!", concluía a nota.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.