Três anos depois, o MEO Marés Vivas voltou para três dias de festa que passaram num abrir e fechar de olhos, segundo muitos dos festivaleiros. Depois de Bryan Adams, James e Maluma terem animado o público nos primeiros dias, a despedida ficou marcada por um “show das poderosas”.

Menos de um mês depois de ter atuado para 84 mil pessoas no Rock in Rio Lisboa, Anitta regressou a Portugal este domingo, dia 17 de julho, para o último concerto da sua digressão na Europa. A cantora brasileira subiu ao palco MEO depois das 23h30, sendo a sua estreia no norte do país.

Com um alinhamento carregado de sucessos, Anitta trouxe para o MEO Marés Vivas o espetáculo diferente do festival do Parque da Bela Vista, em Lisboa. Ao contrário dos últimos concertos, a cantora não entrou em palco de mota, nem colocou ecrãs gigantes em palco.

VEJAS AS FOTOS DO CONCERTO:

Com estatuto de uma das maiores estrelas pop da atualidade, a artista foi recebida com doses elevadas de loucura pelas 30 mil pessoas que encheram o recinto junto à praia da Madalena. O concerto da brasileira era, sem exagero, o mais aguardado desta edição do MEO Marés Vivas, especialmente depois da atuação no Rock in Rio Lisboa e que alimentou grandes conversas nas redes sociais.

"Onda diferente", "Me gusta", "Contatinho" e "Some que ele vem atrás / Loka / Romance com safadeza" foram servidas no arranque do concerto. Entre o desfile de canções, Anitta conversou com os fãs. "Finalmente um festival que valoriza a gente que fala português (...) Vou cantar até me mandarem embora", frisou.

ANITTA
créditos: TOMÁS SOARES NOGUEIRA

"É o último show da minha digressão e estou quase morrendo", confessou a artista, revelando que foi assistida pelos médicos minutos antes de subir ao palco MEO.

"Faking Love", "Gata", "Envolver", "Girl From Rio", "Boys Don't Cry", "Faz gostoso" e um medley com "Sua cara", "Sin miedo" e “Machika" não ficaram de fora do alinhamento. A reta final do expetáuclo contou com "Movimento da sanfoninha", "Bola Rebola" ou "Show das poderosas". No total, a artista apresentou mais de 35 canções no MEO Marés Vivas.

No MEO Marés Vivas, Anitta provou mais uma vez que é uma máquina de sucessos, sempre acompanhada por uma equipa bem oleada para fazer grandes espetáculos em qualquer parte do mundo. A dança, mas sobretudo um alinhamento certeiro, conquistaram os festivaleiros que não faltaram ao primeiro dia do MEO Marés Vivas.

O último dia do festival de Vila Nova de Gaia arrancou com MARO no palco principal. A cantora que representou Portugal no Festival da Eurovisão 2022 apresentou alguns dos temas dos seus álbuns, mas o grande momento da tarde chegou com “saudade, saudade”.

Já à hora do jantar, Diogo Piçarra agarrou os festivaleiros com os seus hits que foram cantados a uma só voz pelo público. Sempre com energia, o cantor português apostou num alinhamento cheio de ritmo.

Depois do cantor português, foi a vez de Jessie J subir a palco. A artista aqueceu os corações dos fãs e apresentou os principais sucessos da sua carreira.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.