Para o criador de "Twin Peaks", Donald Trump pode vir a ser um dos maiores presidentes da história dos EUA.

O ponto de vista é um dos grandes destaques de uma longa entrevista sobre vários temas de David Lynch ao The Guardian.

"Ele pode vir a ser um dos maiores presidentes na história porque perturbou tanto o sistema. Ninguém é capaz de combater este tipo de forma inteligente", explicou.

Isto não significa que ele pense que o atual inquilino da Casa Branca esteja a fazer um bom trabalho: Lynch acredita é que outras pessoas de fora o possam fazer após a sua ascensão colocar a nu os falhanços do sistema e dos políticos.

"Os nossos supostos líderes não conseguem levar o país para a frente, não conseguem fazer nada. São como crianças. Trump revelou tudo isto", acrescentou o realizador de clássicos como "No Céu Tudo É Perfeito", "O Homem Elefante", "Veludo Azul", "Um Coração Selvagem", "Estrada Perdida", "Uma História Simples", "Mulholland Drive" e "Inland Empire".

David Lynch, que já apoiou tanto o republicano Ronald Reagan como o democrata Barack Obama, não tem a certeza em quem é que votou nas eleições de 2016, mas inclina-se para Gary Johnson, candidato do Partido Libertário. No entanto, esclarece que escolheu Bernie Sanders e não Hillary Clinton nas eleições primárias do Partido Democrata.

"Não sou uma pessoa política, mas realmente gosto da liberdade para uma pessoa fazer o que se quer", partilhou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.