Internada há mais de uma semana devido a uma overdose, Demi Lovato deverá deixar o hospital ainda esta semana, avança o TMZ. Segundo o site, os amigos mais próximos e a  família querem que a cantora dê imediatamente entrada numa clínica de desintoxicação depois de ter alta médica.

"Se ela não o fizer, pode morrer. Não quero arcar com a responsabilidade de não ter feito nada", comentou um dos membros da equipa da artista, citado pelo TMZ. Ao site, a mesma fonte frisou ainda que se demitiria caso a cantora recusasse a entrar imediatamente em reabilitação.

Demi Lovato continua internada no Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles. A cantora foi hospitalizada na passada terça-feira, dia 24 de julho, depois de ter sofrido uma overdose.

De acordo com a imprensa norte-americana, os paramédicos encontraram Demi Lovato inconsciente na sua casa na passada terça-feira. Ao TMZ, fontes das autoridades locais, avançaram ainda que a artista foi tratada em casa com Narcan - medicamentos com Naloxone que é utilizado para contrariar os efeitos de overdose de opióides.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.